sábado, 8 de dezembro de 2007

A vulnerabilidade das economias emergentes frente a momentos de instabilidade internacional

O setor imobilíario norte americano recentemente deixou transparecer temoridades sobre um aumento na taxa de inadimplência no setor, principalmente no que se refere ao mercado de hipotecas, levando a uma possível retração na oferta de crédito, pois que, há algumas semanas, foi detectada um alto grau de inadimplência do segmento que engloba pessoas com antecedentes de "mal pagamento" e que, por conseqüência, podem oferecer menos garantia em honrar seus compromissos - é o chamado crédito "subprime" (de segunda linha).
Como esse tipo de título tem altos riscos, consequentemente é o tipo de título que oferece juros mais elevados, e por isso são preferidos pelos gestores de fundos e bancos em busca de retornos melhores. Estes gestores, assim, ao comprar tais títulos das instituições que fizeram o primeiro empréstimo, permitem que um novo montante de dinheiro seja novamente emprestado, antes mesmo do primeiro empréstimo ser pago.Tendo em vista obter lucratividade, um segundo gestor pode comprar o título adquirido pelo primeiro, e assim por diante, gerando uma cadeia de venda de títulos.Entretanto, se a ponta (o tomador) não consegue honrar sua dívida inicial, ele dá início a um ciclo de não-recebimento por parte dos compradores dos títulos,que tem como resultado todo o mercado com medo de emprestar e comprar os "subprime", o que termina por gerar uma crise de liquidez (retração de crédito).O mercado financeiro do mundo todo já monitorava problemas em relação com esses tipos de créditos imobiliários. Quando a inadimplência dessas operações superou as expectativas, empresa após empresa nos EUA relataram problemas de caixa.No setor de investimentos, então, cresceu uma temoridade em relação ao tamanho do prejuízo. Principalmente porque ninguém sabe, até hoje, quanto os bancos e fundos de investimento têm aplicados nesses créditos de alto risco.Esse desconhecimento em nível mundial venho a provocar o que se chama de crise de liquidez (retração do crédito) no sistema financeiro. Neste mundo de incertezas, o dinheiro pára de circular pois quem possui recursos sobrando não empresta, quem precisa de dinheiro para cobrir falta de caixa não encontra quem forneça. Com isso os investidores internacionais, temendo perda de rentabilidade, aumento de riscos e subsequente queda no valor das ações, retiraram seus investimentos dos países emergentes.
Com isso os investidores internacionais ficaram temerosos em relação a investimentos de riscos, como as bolsas, levando-os a vender os seus papéis de países como o Brasil.Com alto grau de oferta e baixa taxa de procura os papéis tendem a se desvalorizar, levando esse "clima de recessão" a todo o mundo, e mostrando a vulnerabilidade das economias emergentes em crises globais.


Boa semana a todos,


Vinicius

5 comentários:

Poeta Idealista disse...

Muito bem explicado.

Fala-se(os mais catastróficos) até em crise do capitalismo. E a VEJA apontou esses países emergentes, que geralmente são os mais vulneráveis, como a salvação dessa crise. Queria saber sua opinião sobre isso. Em geral, sobre o BRIC. Na verdade, eu acho o BRIC muito frágil ainda, muita coisa pra se vencer, como a falta de democracia da China e a corrupção do governo brasileiro.

Obrigada por ter atendido meu pedido.

Vinicius disse...

Em relação a BRIC, acho que a crise não deve afetá-los profundamente, visto o grau especulátivo.Acho que esta não virá a ser a derrocada do capitalismo, mas mostra como as bases do sistema são sensiveis.Em relação a democracia chinesa (ou a falta dela)e a corrupção da máquina pública estatal brasileira não vem a afetar a nossa economia, frente que não influem diretamente na economia, pois a crise se restringe ao setor economico.


Vinicius

CresceNet disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.

Poeta Idealista disse...

ei, façam me o favor de atualizar! :)

Notebooks disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Notebook, I hope you enjoy. The address is http://notebooks-brasil.blogspot.com. A hug.